Login

Extensão

Nós acreditamos firmemente que nossa pesquisa deve resultar em benefícios à sociedade e buscamos atingir isto de diferentes formas.

Por exemplo, estudos anteriores sobre espécies aquáticas invasoras realizados pelo nosso laboratório no começo dos anos 2000 nos levou a organizar e coordenar uma avaliação em todo o território nacional das espécies exóticas marinhas. Vários cientistas marinhos da USP e de outras instituições de pesquisa brasileiras participaram deste esforço. O resultado final foi um livro intitulado "Informe sobre as Espécies Exóticas Invasoras Marinhas no Brasil", uma publicação oficial do Ministério do Meio Ambiente Brasileiro, que se tornou a maior referência para ações de manejo no que diz respeito ao controle de espécies invasoras marinhas no Brasil.

Nossas atividades neste âmbito têm levantado o interesse da indústria também na busca por novas abordagens para o monitoramento da água de lastro. Este foi o escopo do projeto SAMBA, financiado pela Petrobrás. Outro exemplo de interação frutífera com a indústria de petróleo e gás foi o projeto Peregrino, financiado pela empresa petrolífera norueguesa Statoil, oportunidade única para o estabelecimento de uma plataforma observacional bentônica na costa do Rio de Janeiro. No LAPS nós fomos os responsáveis pela parte acústica, óptica e de análise de imagens derivados dos sensores e armadilhas de sedimentos lançadas no campo de Peregrino. Estas informações são relevantes para o manejo do descarte da perfuração durante a fase de exploração.

Como parte do projeto MARFLAT/FLOATING nossos estudos revelaram que diatomáceas e dinoflagelados potencialmente nocivos ocorrem nas regiões adjacentes às fazendas de mitilicultura da costa norte do Estado de São Paulo, ainda que em baixas concentrações. Tais observações reforçam a necessidade de um programa permanente de monitoramento na área.


Espécies exóticas

Informe sobre as Espécies Exóticas Invasoras Marinhas no Brasil


 

Agência Fapesp

Água de lastro

Hospedeira de viajantes não desejados

Entrevista ao Reporter Eco (26/09/2004) sobre impactos ambientais relacionados com descarte de água de lastro. Leia o texto completo aqui .

 

Cholera

Cholera bacterium é difundida em hospedeiros zooplanctônicos

Publicação científica relacionada: Martinelli et al. 2011

 

Entrevista no laboratório em Ubatuba