Login

PEREGRINO

peregrino lander

O projeto de Monitoramento Ambiental de Peregrino teve o objetivo geral de avaliar o destino da descarga proveniente das atividades de perfuração e seu potencial impacto no ecossistema bentônico no campo de Peregrino (licenciado para a Statoil), localizado na plataforma ao largo do Rio de Janeiro. Em parceria com o Institute of Marine Research (IMR) e METAS (ambos localizados em Bergen, Noruega), o LAPS desenvolveu o programa de monitoramento acústico baseado em análise de série temporal de dados acústicos coletados por transdutores, orientados para a superfície, com frequência de 38 e 120 kHz, a partir de um observatório bentônico (Lander). Nós também caracterizamos a dinâmica das partículas em afundamento, coletadas por três armadilhas de sedimentos McLane fundeadas na área, pela análise das imagens das amostras da série temporal usando uma FlowCAM. O LAPS esteve encarregado de significativa parte do trabalho de campo na área do campo de Peregrino, incluindo cruzeiros oceanográficos para estudar a distribuição do plâncton para validação dos dados acústicos e os cruzeiros de manutenção para recuperação e lançamento da instrumentação fundeada. O projeto foi liderado pelo prof. Paulo Sumida e desenvolvido em parceria com os laboratórios do IOUSP, LDB e LHICO, e foi financiado pela Statoil.

Componentes do Lander

 


Dados de acústica analisados com o software LSSS.

 


Rubens Lopes e Hector Pena (IMR) em Bergen, Noruega

 

.
Dados do LOPC, Campo de Peregrino